Identificados quase 300 casos de hanseníase em apenas um mês no Piauí

Identificados quase 300 casos de hanseníase em apenas um mês no Piauí

Em apenas um mês o Caminhão da Saúde detectou 283 casos de hanseníase em seis municípios piauienses. O projeto é uma iniciativa do MORHAN, em parceria com a Febrafarma, para combater a doença no Brasil. Os casos foram detectados Floriano, Bom Jesus, Picos, Piripiri, Parnaíba e Teresina. “Esse número de casos foi em apenas 30 dias, ou seja, quase um caso por dia. Um índice muito alto”, comenta o membro do núcleo MORHAN Piauí, Ruimar Batista. Quase 40{737e4b9c673e023d1e22e6450f357635e06f8bd79cbc4321969a82ee16f45f77} dos casos registrados durante a atividade são de Teresina. Dos 283, 111 foram detectados na capital. O município de Bom Jesus foi a segunda cidade com o maior número de registros, 55 no total. Parnaíba ficou com a terceira posição com 51 casos de hanseníase. Outro dado importante constatado durante o Caminhão da Saúde foi que 60{737e4b9c673e023d1e22e6450f357635e06f8bd79cbc4321969a82ee16f45f77} dos casos detectados são do tipo multibacilar, o tipo mais grave e contagioso da doença. “Este tipo de hanseníase é aquele que pode até mesmo ser transmitido via respiratória”, informa Ruimar Batista. De acordo com o integrante do MORHAN, a alta incidência da doença demonstra a deficiência dos serviços de atenção à saúde básica. “Isso mostra os problemas no serviço de saúde. É preciso que o Programa de Saúde da Família trabalhe melhor o combate a hanseníase”, disse. A partir do dia 04 de agosto o Caminhão da Saúde estará percorrendo as cidades de Campo Maior, União e São Miguel do Tapuio. “Vamos encerrar as atividades até o dia 22 de agosto, mas queremos continuar com este trabalho. Por isso, a Secretaria Estadual de Saúde vai um veículo como este para atuar em outras cidades”, informa Ruimar.Fonte: Site Imirante.com